A Pura Inscrição do Amor

Nuno Júdice

Uma delícia para ler e reler. Em cada poema uma oração que purifica, um toque levemente divino que nos mostra a mais linda intenção de qualquer história: amar!

“Construo o pensamento aos pedaços: cada
ideia que ponho em cima da mesa é uma parte do que penso; e, ao ver como cada fragmento se torna um todo, volto a parti-lo, para evitar conclusões.” (Filosofia)

D. Quixote

O Retorno

Dulce Maria Cardoso

Não será exagero dizer que este é, para mim, um dos três melhores romances portugueses que li. De um rigor histórico e social incomparáveis.

Estudado em vários países estrangeiros, o retrato de um Portugal passado no retorno de tantos e tantas após uma descolonização apressada e sem qualquer planeamento.

Uma obra obrigatória para um melhor entendimento das décadas de 70 e 80.

Tinta da China