Jesus Cristo bebia cerveja

Afonso Cruz

Por vezes pergunto-me porque gosto tanto de ler, qual o mistério e a paixão que os livros me despertam? E porque, ainda e quando possível, prefiro escritores portugueses a qualquer tradução, embora também as leia desenfreadamente?

De longe a longe chega-me a resposta: leio um livro em português, escrito por um portugûes, e a obra é de tal forma arrebatadora que me surgem, em modo heróico, as palavras do poeta: “a minha Pátria é a Língua Portuguesa”!

Um livro brilhante, singular!

A casa Grande de Romarigães

Aquilino Ribeiro

“Que chova, que faça um Sol radioso, com o mundo vegetal pletórico de seiva ou mais aganado, à triste planta humana é que nada a afasta da sua carreira para a morte. Será ela a obra-prima da Criação ou a pior de todas?”

Uma crónica romanceada de uma casa minhota que atravessa os séculos nos altos e baixos de herdeiros agarrados às preces e promessas à Nossa Senhora do Amparo.

Uma das mais importantes obras em portugûes do Séc. XX, um escritor brilhante (“obreiro das letras”, como se auto-intitulava) que faz música, intrincadas notas das palavras – verdadeiras pautas de prosa…

Pequenas Atitudes, Grandes Mudanças

Caroline L. Arnold

A influência de pequenas e microrresoluções nas nossas vidas, podem ser o gatilho certo para alavancar decisões importantes com a máxima influência na história individual de cada um.

Cientificamente, todas as nossas grandes resoluções drásticas atingem um fracasso de pelo menos 90%. Aprenda a organizar a sua vida, o seu foco, com as pequeníssimas (e por vezes inúteis aos nossos olhos) atitudes que organizam e regem o nosso dia-a-dia.

Facilite o seu próprio caminho e comece pelas decisões mais simples.

O Processo

Franz Kafka

A complexa burocracia do intricado sistema de uma sociedade inimaginável. Uma criação absolutamente genial que, embora exagerada propositadamente pelo autor, nos traz algumas peripécias (caricaturizadas) em que nos envolvemos com a administração pública das sociedades.

Questões existenciais que pairam no nosso dia-a-dia e que encravam a progressão de coisas tão simples como viver…

11/17 Clássico