Poema à duração

Peter Handke, Prémio Nobel da Literatura 2019

Um poema que leio e que me acompanha.

Um poema não lido é um grito que nos assola em surdina; uma caixa de vozes que guardamos no fundo de uma gaveta de um móvel pálido, gasto e ferido pelo tempo.

Publicado por Assírio & Alvim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s